Analise de ecoeficiência de janelas

Com o objetivo de mostrar os benefícios ambientais e econômicos do PVC, o Instituto Brasileiro do PVC realizou a primeira Análise de Ecoeficiência de um produto de PVC no Brasil, tendo como base a metodologia da Avaliação do Ciclo de Vida (AVC) conforme série de normas ISO 14040.



O intuito é analisar os benefícios ambientais e econômicos de duas das alternativas de janelas utilizadas pelo consumidor no Brasil, janela branca de PVC e janela branca de alumínio, considerando todo o seu ciclo de vida. Dessa forma, a partir de informações embasadas, a população, construtoras e principalmente arquitetos podem tomar a melhor decisão sobre produtos utilizados no dia a dia e em especificações para seus projetos, visando obter os melhores benefícios.


Conceitos Fundamentais


Avaliação de Ciclo de Vida- ACV


A Avaliação do Ciclo de Vida – ACV é o processo utilizado para comparar a sustentabilidade de produtos similares, avaliando o desempenho ambiental de ambos em cada elo da cadeia produtiva, da extração dos recursos naturais à fabricação, e também em seu tempo de uso e nas suas opções de descarte e reciclagem.


A técnica de ACV pode ser aplicada a produtos, processos ou serviços, analisando o desempenho ambiental necessário para atender a função a que os elementos comparados se destinam a partir de um conjunto de indicadores de impacto ambiental.


Ecoeficiência


É cada vez maior a preocupação com a preservação dos recursos naturais de nosso planeta. Porém, é desejável que essa busca seja acompanhada pelos padrões de bem-estar e qualidade de vida conquistados ao longo do tempo pela sociedade. A equação entre responsabilidade ambiental e satisfação das necessidades sociais pode ser chamada de Ecoeficiência.


A Ecoeficiência é alcançada mediante o fornecimento, a preços competitivos, de bens e serviços que satisfaçam as necessidades das pessoas e, ao mesmo tempo, reduzam progressivamente, a um nível no mínimo equivalente à capacidade de sustentação estimada da Terra, o impacto ambiental e o consumo de recursos em seu ciclo de vida.


Sistema de Produto


Foi considerada como unidade funcional a produção de uma janela de 1 m2 do tipo veneziana de correr com 3 folhas (uma veneziana móvel, uma folha de vidro móvel com espessura de 5mm e uma folha cega fixa) e sua manutenção durante 40 anos, conservando a temperatura interna do ambiente a 24ºC.

Para o caso base foi considerado o uso da janela na cidade de São Paulo, em horário residencial (período de 14 horas) com radiação solar. Além disso, com o objetivo de serem consideradas variações térmicas distintas, foram realizados cenários em Curitiba e Natal.


Processos Elementares Considerados no Estudo


  • Extração das matérias-primas;

  • Produção do composto de PVC e da liga de alumínio;

  • Extrusão das esquadrias de PVC e alumínio;

  • Montagem das janelas de PVC e alumínio;

  • Instalação das janelas de PVC e alumínio;

  • Fase de uso das janelas de PVC e alumínio;

  • Manutenção das janelas de PVC e alumínio;

  • Destinação final das janelas de PVC e alumínio; 

  • Transportes das matérias-primas principais e das janelas de PVC e alumínio.


Nota: A reciclagem não foi considerada como destinação final das janelas no caso base, já que atualmente, no Brasil, não existe um sistema de reciclagem específico para janelas.


Resultados


A impressão ambiental contém os potenciais impactos determinados na Análise de Ecoeficiência. Ao analisá-la, é possível perceber claramente que, para a mesma função determinada, a janela de PVC apresenta menores impactos ambientais em relação à janela de alumínio.


Conclusão


A janela de PVC apresenta melhor desempenho em 10 das 11 categorias ambientais consideradas no estudo. Na avaliação do desempenho econômico, a variação inicial de preço se dilui durante o tempo de uso do produto devido à melhor ecoeficiência da janela de PVC em relação ao isolamento térmico. A janela de PVC faz com que a troca de calor entre ambientes interno e externo de uma edificação seja menor. Com isso, o consumo energético, seja para refrigerar ou aquecer um ambiente, é reduzido ao longo do tempo. Além disso, mesmo sem o uso de ar condicionado, o perfil ambiental da janela de PVC também é mais ecoeficiente.


Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2013 o Brasil possuía cerca de 65,1 milhões de domicílios. Destes, a Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento (ABRAVA) estimava que 15% possuíam ar condicionado.


Fones


Informações da Análise de Ecoeficiência de Janelas realizada pela Fundação Espaço ECO® (FEE®) para o Instituto Brasileiro do PVC, utilizando ferramenta desenvolvida pela BASF, certifcada pela TÜV Rheinland do Brasil Ltda e National Sanitation Foundation (NSF) e aplicada pela FEE®.


O estudo passou por revisão externa realizada pela TÜV Rheinland do Brasil Ltda, que concluiu que o estudo cumpre todos os requisitos relevantes do método e normas citadas abaixo:


  • Protocolo de validação do método pela National Sanitation Foundation (NSF), (BASF’s Eco-Efficiency Analysis Methodology – May 2013.

  • ABNT NBR ISO 14040:2009 – Gestão Ambiental, Avaliação do ciclo de vida, Princípios e estrutura – 2ª edição, válida a partir de 21/06/2009.

  • ABNT NBR ISO 14044:14044 – Gestão Ambiental, Avaliação do ciclo de vida, Princípios e estrutura – 1ª edição, válida a partir de 21/06/2009.


Inscreva-se para receber nossas novidades!

© Copyright: Eurosystem Industria e Comercio de Esquadrias Ltda - All Rights Reserved 

2020 criado por Howling Creative Center.

Contato:

+55 11 3045-9520

contato@eurosystem.com.br

Horário de atendimento:
De segunda a sexta: 8h às 18h

Sábado: Apenas Sob Agendamento 

Showroom
Rua Fiandeiras, 643 – Vila Olímpia
São Paulo – SP

  • Facebook
  • Pinterest
whatsapp-logo-1.png